[1]
C. C. A. de Mattos, “O regime de expectativas e a política salárial: indexação x prefixação”, BJPE, vol. 13, no. 2, pp. 137-143, Apr. 1993.